Como um rapper revolucionou o mundo dos tênis recentemente

Em 2009 começou uma nova era para o mundo sneaker: Kanye West lançava seu primeiro tênis desenhado por ele, o desejado Air Yeezy, em parceria com a Nike. Lançado por 215 dólares, hoje pode ser encontrado por U$2.500 na loja flightclub.com. Sua segunda versão, mais rara, ainda tem preços de até U$7.500. Contudo, você tem alguma noção de quem começou com toda essa cultura? Algum palpite? Imagino que você saiba!

Kanye West usando sneakers de sua assinatura

Tênis assinado pelo rapper que pode ser encontrado com preços exorbitantes de U$7.500

 

 

 

 

 

 

 

 O começo de tudo ao comando da Nike: Jordan e Air Max

Era 1985, foi lançando o primeiro tênis da linha Jordan, o icônico Air Jordan 1, a subdivisão que continua sendo uma referência até hoje para colecionadores de tênis e jogadores de basquete. Foi então em 87 que a Nike e Tinker Hatfield decidiram inovar, com a tecnologia Air já apresentada ao público. Era hora de fazer um tênis que pudesse mostrar o que era a tal da cápsula de Air, e assim surgiu o Air Max 1, que anos mais tarde daria vida também ao famoso Air max 90, lançado no ano sugerido em seu nome. Esses sneakers predominam no mercado até hoje: suas vendas são impulsionadas por lançamentos de edições especiais como o Independence Day na linha do Air max 90, ou os Jordans que sempre têm alguma colorway sendo lançada, mas nada que cause tumulto como Kanye West conseguiu fazer com a Adidas a cada novo lançamento. É incrível como a cultura é influenciada por pessoas hoje em dia – o rapper está fazendo história. Para muitos isso é apenas um hype, mas Kanye consegue atrair pessoas a ficarem em filas pelos seus tênis assim como Steve Jobs conseguiu com o iPhone.

Air Jordan 1 “Bred”: o primeiro tênis lançado por Jordan e que foi banido dos jogos da NBA na década de 80.

Lançado para comemorar o Air Max Day em 26/03

 

 

A sensação do Momento: Yeezy e a tecnologia Boost 

No fim de 2013, a Adidas confirmou a parceria com West para a produção de um novo tênis, dessa vez com o nome de Yeezy Boost.

Boost é a nova tecnologia da Adidas que funciona de uma maneira diferente: ela absorve a energia aplicada e devolve em forma de energia para o atleta, além de absorver o impacto.

Com a tecnologia, foram lançados os tênis UltraBoost, NMD e Yeezy Boost, que ficam na faixa de R$600 até R$1200 (preço que é vendido o Yeezy Boost V2 no Brasil, o mais caro da linha Boost).

No último sábado 24, foi vendido o Yeezy Boost V2 Zebra, que causou grandes filas na Adidas Oscar Freire, SP e Ipanema, RJ. Algo nunca antes visto no Brasil na procura de um par de tênis.

Adidas UltraBoost 3.0: em parceria com a Parley que tem um design sustentável e usa plástico dos oceanos

Adidas NMD: conta com a tecnologia Boost e mais usado para situações casuais.

Yeezy Boost V2: tênis da linha de Kanye West em parceria com a Adidas, em sua cor “Belluga” – a primeira colorway a ser lançada.

 

Depois de conhecer um pouco dessa vasta cultura, o que você achou? É um bom hobby para se investir? Diga nos comentários a sua opinião, estaremos abertos a qualquer dúvida ou sugestão. Até a próxima!